domingo, 1 de julho de 2012

  Tens noção de que, apesar de todas as confusões, de todas as zangas, eu sinto a tua falta quando não falamos? Tens a noção de que eu não te quero dar mais conselhos porque sei que não vais gostar do que eu vou dizer? Tens noção de que eu estou cansada que acabes com a nossa amizade à toa e mesmo assim ainda sou capaz de te perdoar? 
  Sim, eu disse que sou capaz de te perdoar depois do que aconteceu ontem, mas digo-te também que esta já não é a primeira, nem a segunda, nem a terceira vez que te perdoo por uma coisa deste género e, a única razão pela qual o faço, é porque apesar de tudo eu sei que tu estás sempre lá para mim quando eu mais preciso e quando eu mais me sinto sozinha e porque gosto realmente de ti e estimo a nossa amizade.
  Antes das férias começarem, eu prometi que iam haver muitas noitadas e muitas conversas e quero cumprir porque, últimamente, tu tens sido a minha grande amiga, a minha companheira todas as noites quando eu não tenho sono. Eu não quero que isso acabe, só quero que tu acabes com essa mania de pôr um fim à nossa amizade porque, por agora, eu continuo a perdoar mas vai chegar a uma altura em que eu vou chegar ao limite e aí, vou ter de ser capaz de dizer basta!
  Agora pensa bem no que queres fazer, e espero que tomes a decisão acertada.

2 comentários:

Renatta disse...

Vem visitar o meu blog, tenho novos texto e ando a trabalhar num novo separador no meu blog que se chama “Diario da Barbie”, ainda apenas tem um texto mas se a maior parte do meus seguidores gostarem do texto do no mesmo, continuarei trabalhando e tentarei melhorar sempre.
http://memorias-verdadeiras.blogspot.pt/ -------- VISITE, NãO CUSTA NADA

Maria João Cardoso disse...

tenho novo post e gostava mesmo que me desses a tua opinião em "gosto" ou "não gosto", por favor:
diário do meu coração