domingo, 19 de fevereiro de 2012

Sabes ? Eu até posso admitir que sinto saudades tuas. Por vezes, sinto saudades daquelas conversas profundas que tinhamos, das brincadeiras, das web's, das promessas, lembras-te ? Eu lembro e vou continuar a lembrar por muito mais tempo. Só saberás isto se vieres aqui ao meu blog, porque, apesar de tudo o que escrever aqui ser sentido, não te vou dizer, não vale a pena. Falas de mim à minha melhor amiga como se eu te devesse favores, como se tudo o que te disse não fosse sentido, como se eu não fizesse nada para te ajudar. Sabes bem que és livre de lutar por quem quiseres e não és obrigada a lutar pela nossa amizade, mas olha que se te sentires arrependida, pode ser tarde para que tudo fique bem. Continuo a gostar de ti e a querer ficar bem contigo, mas nada mais posso fazer, não vou andar atrás de ti, por mais que me custe. Se eu já estava desiludida contigo, então agora ainda fiquei mais. Fiquei muito triste por saber que me comparas ao teu ex-namorado. Mas que raio de comparação é essa ? Eu sou, ou era, tua amiga porra ! É verdade que a distância também não ajuda, mas isso não é, nem nunca foi desculpa para nós. Se achas que errei, então desculpa

















Sem comentários: