terça-feira, 28 de junho de 2011

sma :3

Catarina Rodrigues Trindade Lopes, são dois anos e três meses, não é brincadeira nenhuma.
Já aconteceu tanta coisa, já partilhamos tanto, já rimos, já choramos, já desabafamos tanto, e mesmo assim, quando tenho de falar de ti, faltam-me as palavras. Não sei o que dizer, muito menos como começar. Cada vez que tenho de te descrever ou descrever o sentimento que nos une, não consigo. O facto de não conseguir não se deve a não gostar de ti, mas sim, deve-se ao facto de gostar demasiado de ti.
Começas-te por ser a minha princesa e eu o teu bem mas isso mudou. Mudou para melhor e não é à toa que és a minha segunda melhor amiga, não é à toa que és como uma irmã.
Já sofreste, já lutas-te, já choras-te tanto e eu dava tudo para que fosses feliz ! :c
E, para isso, eu vou continuar a estar aqui, como sempre estive, a limpar-te as lágrimas, a dar-te consolo, apoio, a dar-te a mão para te ajudar a levantar, a fazer-te rir.
Segunda melhor amiga, eu já não vejo a minha vida sem ti, não me imagino sem falar contigo, por isso, não me deixes por favor ! (L)
Sabes que apesar de às vezes ser parva e dura contigo, é para teu bem, para que abras os olhos e não cometas erros que te possas vir a arrepender. :x
A ti, devo-te um grande obrigada pelos sorrisos que me porporcionas, pelas conversas, pela confiança, pela cumplicidade, por estares lá sempre que preciso de chorar ou desabafar, por me ouvires e apoiares em tudo ! (L)
Eu sem ti, não era nada, sem ti nada faz o mesmo sentido, e acredita, que não digo isto da boca para fora, digo porque é verdade, porque podemos estar boé tempo sem falar mas eu sei que vais estar ali quando eu precisar. :c
És grande parte de mim, nunca te esqueças.
Amo-te sma, é para sempre. (L)





« se me perguntarem se eu vou chorar quando morreres, a minha resposta é não, pois eu morro também »

Sem comentários: