segunda-feira, 20 de junho de 2011

fartei. :c

Dizes que fiz isto e aquilo, acusas-me de ter feito o que na realidade, não fiz. Não és capaz de parar um pouco e pensar: « se calhar ela está a dizer a verdade. ». Não. Não és capaz de fazer isso. Apenas me tratas com sete pedras na mão como se tivesse cometido o maior crime à face da terra.
Pois, mas digo-te, eu estou com a minha consciência tranquila, porque eu não fiz nada !
Gostava que, um dia, viesses ter comigo e me deixasses explicar tudo, mas tudo mesmo, sem deixar escapar nehum promenor. Aí, eu ia-te explicar o que aconteceu, nos dois dias...
Tenho imensa pena que a nossa amizade acabe aqui. Não te queria perder. Não queria perder a tua amizade. Não queria que isto acabasse aqui.
Peço desculpa se te desiludi mas, eu também estou desiludida, porque, em vez de falares comigo outra vez, em vez de resolveres isto, acreditas no que te dizem e no que vez.  Se calhar, não dei tudo o que tinha a dar a esta amizade, não fui a amiga que desejavas mas sabes que mais ? Eu não me arrependo nada de te ter conhecido ! E, agradeço-te o que fizeste por mim, as conversas mais parvas mas com toda a amizade e cumplicidade que tinhamos, por todas as gargalhas sinceras que me fizeste dar, por tudo. :x
Neste momento, não tenho força para ir falar contigo, para resolver tudo porque sei que não vais querer, não vais querer ouvir e eu também fartei de ser tratada mal. (;
Se preferes ficar com essa má opinião de mim, se preferes pensar que sou isto ou aquilo, pensa. Com muita pena minha, pensa. Porque agora vais pensar assim mas, mais tarde, podes-te vir a aperceber que eu não sou assim, sou bastante diferente.
Podes nem ver isto, ou até mesmo, se vires, podes nem querer saber, mas apenas fiz, porque precisava de desabafar e dizer o que sinto.
Mais uma vez te digo que eu não fiz nada.
Por isso, um big fuck a quem acabou com a nossa amizade. (;
permaneces, amo-te. :x


 


1 comentário:

Isabel disse...

Amor, que se passa? :x